Depois da varias capitais e cidades no país, Protesto chega a Ibimirim no sertão do Estado

Ibimirim: Assim como vem acontecendo em todo país , um grupo de manifestantes  saíram as ruas na manhã desta sexta feira,(05)  num ato de protestos que teve seu início sobre a ponte do Rio Moxotó,  
Na pauta das reivindicações do grupo de manifestantes apenas dois assuntos serviram de  pauta para que menos de 200 pessoas tornassem  o protesto que deixou de ser a político passando a ter conotação partidária sobre suas reivindicações, em primeiro plano veio as alegações por parte de alguns professores da falta de pagamentos de dois meses de salários referentes a Novembro e Dezembro de 2012 ainda pertencente a gestão anterior, e em segundo plano de reivindicação estava a reivindicação de  convocação dos aprovados no concurso   com índices de irregularidades realizado em 05 de Agosto dois meses antes das eleições municipais.
Enquanto os manifestantes estavam em seus manifestos, o prefeito  encontrava –se na capital Pernambucana  participando da Feneart no centro de convenções dando  pessoalmente seu  apoio  aos artesões que totalizam mais de 10 participantes distribuídos em  05 stands, o que faz  da capital dos santeiros a única cidade com maior representatividade na  maior feira do artesanato da America latina.
Diante das reivindicações feitas pelos manifestantes , e sobre  a primeira pauta o pagamento dos salários não pagos pelo gestor anterior referente aos meses de Nov e Dez de 2012, o Secretario da Juventude e empregos Adailton de Deus Lima disse em entrevista a repórter da TV asa branca que não é do conhecimento da  atual gestão esse debito com os professores, até mesmo por que os salários  aos quais são reivindicados ainda são da gestão passada e que deixou uma herança de dividas e uma prefeitura a beira do caos.
Falando sobre os candidatos que passaram no concurso, Adailton disse que nove dias após a posse do novo gestor, um grupo foi convocado para que formasse uma comissão  que pudesse negociar a situação com a atual gestão mas isso não foi possível por que ao invés de negociações alguns entraram direto na justiça, e já que estar na justiça  o departamento jurídico da prefeitura espera  o parecer final do TJPE para poder se pronunciar sobre o caso.  
Já para o prefeito Adauto do Bodegão, se referindo aos protestos  deu a seguinte explicação:  “ Estamos vivendo uma democracia no país onde todos tem a liberdade de se expressar de todas as formas, esses protestos e manifestações não é só em Ibimirim, mas sim em todo país , continuarei preocupado em  buscar todo e qual quer tipo de  recurso que seja através dos  governos Estaduais e  Federais,só assim  posso  trabalhar e tornar Ibimirim numa cidade que  todos possa ter  o orgulho de viver uma vida com dignidade e melhor qualidade ”.
Foto  Internet.


Tecnologia do Blogger.