Casamento Coletivo reuni centenas de pessoas na matriz de São Felix em Buíque

A centenária  matriz de São Felix de Cantalice , localizada na Praça Major França na cidade de Buíque,agreste do estado, se transformou na noite deste domingo,(24) no principal centro das atenções para centenas de fiéis e familiares dos oito casais, que mesmo já vivendo lado a lado ainda não tinha  realizado seu enlace matrimonial conforme manda as leis e suas tradições de casar no altar.
Vestidas de branco, de véu e grinalda apesar de  na maioria dos casos já serem mães, e até mesmo avós, cada noiva não  tinha perdido suas esperanças de casar de entrar na igreja , como ainda é o sonho de quem um dia pretende casar-se.
O projeto do casamento coletivo  de 2013 em Buíque  partiu de uma catequista  Rosa (foto ao lado) que saiu em buscar daqueles casais que mesmo morando junto há algum tempo ainda não tinha realizado a tradicional cerimônia de casar na igreja com direito a padre e tudo mais.
Como o  casamento foi coletivo,os honorários da igreja foi dispensado e quem realizou a cerimônia religiosa foi o Padre Carlos Eduardo que diante centenas de fiéis,entre eles filhos e filhas dos noivos fez questão de abençoar a união de cada um formalizando com a milenar frase,” Até que a morte os separe.
Como nãopoderia deixar de ser diferente, já que o  casamento era coletivo, depois  que os noivos  fizeram suas juras de amor finalizando com o tão sonhada frase “Sim” os mais novos recém casados,  recepcionaram seus convidados no salão paroquial da cidade, onde ao som som de Jeremias voz, e  Joabe Violão, puderam em fim curtir a festa  com a certeza de que  de agora em diante poderão ser serão felizes  para sempre.


Tecnologia do Blogger.