Côrte Real: a economia brasileira dá sinal de recuperação,e Micro e pequena empresa no Brasil poderão ser beneficiadas em 2014

  O empresário Jorge Côrte Real fez balanço da economia pernambucana e falou sobre as projeções para a indústria nos próximos meses, durante a confraternização de final de ano da Federação das Indústrias de Pernambuco (Fiepe) instituição a qual preside, no dia 05 de dezembro, no Arcádia Recepções, em Apipucos.
O Brasil deve encerrar o ano com crescimento de 2,2% em relação a 2013. “Um crescimento abaixo do esperado e do necessário, mas, sem dúvida, um resultado positivo, que sinaliza recuperação da economia”, afirmou Côrte Real que também é deputado federal pelo PTB. 
Segundo ele, a projeção para o Estado é manter um aumento do PIB superior ao registrado no País: acima de 3,5%.
Côrte Real aproveitou a solenidade para anunciar a criação de duas novas Unidades Regionais da FIEPE: uma no Araripe e outra Vale do São Francisco, a exemplo do que já existe no Agreste, em Caruaru. “Seguiremos, em 2014, nossa política de interiorização do desenvolvimento”, afirmou.
Na ocasião, ainda foi distribuído pela FIEPE, o documento com a consolidação das propostas de política industrial para o Estado. “Entregamos para Pernambuco um grande estudo, que vai contribuir muito com o desenvolvimento econômico. Trata-se de uma política de Estado, e não de Governo!", lembrou Cortê Real.
Durante o Prêmio Ademi 2013, o deputado federal e presidente da Federação das Indústrias de Pernambuco (Fiepe), Jorge Côrte Real foi homenageado pela Associação das Empresas do Mercado Imobiliário de Pernambuco, com o prêmio Ademi-PE Especial. O troféu lhe foi conferido pelas ações desempenhadas por ele em prol do estado de Pernambuco e em defesa do setor imobiliário. "Para mim é uma grande alegria receber este prêmio, porque esta homenagem vem do meu setor: sou construtor. É um incentivo para continuar a trabalhar mais por Pernambuco e pela categoria”, observou Jorge Côrte Real.  Na premiação, que aconteceu, no dia 05 de dezembro, na Blue Angel do Benfica, 23 empreendimentos concorreram ao Troféu Ademi/2013.
O deputado federal Jorge Côrte Real (PTB-PE), que também é presidente da Federação das Indústrias de Pernambuco (Fiepe), comemora a aprovação de relatório final na comissão especial, da Câmara dos Deputados, que altera o Estatuto da Micro e Pequena Empresa no Brasil- projetos de lei complementar 221/12 e 237/12.
 A matéria discutida, no dia 11 de dezembro, modifica a Lei Complementar 123/06 para aumentar o acesso ao Simples Nacional e desburocratizar o funcionamento do sistema simplificado de pagamento de impostos da micro e pequena empresa.

 De acordo com Côrte Real, o relatório propõe a adoção de cadastro nacional único, a redução de multas; a inclusão de novas categorias ao Simples Nacional, entre outras vantagens para o micro e pequeno empresário. Com a aprovação na comissão especial, o projeto seguirá agora para votação no Plenário da Câmara. 

Tecnologia do Blogger.