Da cor do pecado e cheia de charme, Pedrina Santos ganha festinha surpresa para celebrar seus vinte e poucos anos.

Como já dizia   o poeta , “Amigo e pra se guardar debaixo de sete chaves dentro do coração” Mas na  canção da America quando Milton Nascimento escreveu a letra da musica provavelmente esqueceu de citar outros valores a mais para descrever um verdadeiro amigo, ou amiga.
Da cor do pecado, meiga e cheia de charme Pedrina  Santos  sempre com um vasto sorriso estampado no rosto é em pessoa a prova de que ainda existe gente do bem principalmente pela forma de conviver e lidar com seus colegas de trabalho.

Ainda continuando a citar os grandes mestre, dessa vez como diria Vinícius de  Morais, “Ah se todas fossem igual a Você” e por ser simplesmente uma pessoa admirável ao comemorar mais um ano de vida Pedrina recebeu de presente em seu dia uma mini festa surpresa preparada pelos colegas de trabalho  com direito a parabéns, bolo e tudo mais.   
Tecnologia do Blogger.