Sertânia no sertão do estado, revive seus tradicionais carnavais no segundo baile municipal

Sertânia no sertão do estado, localizada a pouco mai de 300 km da capital do estado, terra de gente bonita, povo hospitaleiro  e com uma receptividade  ímpar difícil de se encontrar em outras cidades o que faz a diferencia desta gente  sertaneja,simples e ordeira .
Em meios a tantas qualidades, na noite deste sábado (22) aconteceu nas dependências do simples mais aconchegante Clube Marajoara a segunda edição  beneficente do Baile Municipal  promovido pela secretaria de  desenvolvimento  social  do município.
Com uma decoração temática nas cores verdes e amarelo, o marajoara se transformou numa passarela por passaram importante nomes  da sociedade sertaniense, da política local e regional que em alto estilo foram recepcionados pelo prefeito Guga Lins ladeado de sua primeira dama Tatiana  Mindelo.
Assinado a decoração pelo Designer Anderson, o baile  foi além das suas expectativas com a presença em massa de uma boa parte da sociedade que esse ano investiram maçiçamente em luxuosas fantasias que envolvendo crianças e adultos que em sua bravura de sertanejo tem   amor por sua terra e frevo no pé.
Sobre o comando do talentoso João Lucio,atual secretário de Cultura, como já havia programado a recifense banda Santa Dose abriu oficialmente o baile para coroação do Rei Momo e da rainha do carnaval que recebeu a tão desejada faixa para representar o carnaval em sua cidade, enquanto a banda dava seu show a parte, o prefeito ao lado de  seu Deputado e amigo Júlio Cavalcanti fazia os cumprimentos de boas vindas numa demonstração que sempre será um bom anfitrião.

Além de Julio, Guga  Lins recebeu também  o pré candidato a federal e  ex prefeito de Arcoverde, Zeca Cavalcanti que ao lado da simpática  esposa Neriane  fizeram questão de marcar presenças  para ouvir o que de melhor em termos culturais a cidade se dispõe que á a memorável Orquestra Marajoara  que se reúnem uma vês por ano para matar as saudades dos velhos e antigos carnavais época em que as marchinhas carnavalescas ainda  predominavam nos bailes de carnavais pelo país a fora.     

Tecnologia do Blogger.