Exclusivo:Durante entrevista prefeito de Buíque anuncia sua participação na coordenação regional da campanha l de Paulo Câmara, e diz ainda que não pode condicionar um candidato a deputado que não faça parte do mesmo partido.

Quando o assunto principal é política no município de Buíque podemos afirmar com toda convicção possível, de que aqui na terra das sete maravilhas de Pernambuco nada estar certo até que não chegue o dia das convecções, sejam elas municipais, ou até mesmo estaduais, onde praticamente acaba-se as migrações das coligações e o fechamento de certos acordos políticos.
Considerando as declarações dadas pelo prefeito Jonas Camelo em entrevista á Radio Buíque FM no início da tarde desta sexta-feira, (09), poderá haver novidades no tocante aos apoios políticos para eleição de 2014, especificamente para Deputados, em outras palavras o mesmo condicionou o apoio a um candidato que esteja no grupo de Eduardo Campos, Paulo Câmara e Fernando Bezerra, o que se submete-se que não será um candidato que esteja em outra chapa a não ser da qual o próprio Jonas não faça parte.
Ainda de acordo com suas próprias palavras levas ao ar durante a entrevista, Jonas estar convicto que seu candidato a governador estar crescendo, e esse crescimento se deu através das últimas adesões recentemente feitas pelo DEM e SDD somando em 20 o total de legendas da Frente   Popular.
Como o chefe do poder executivo municipal Buiquense faz fazer parte da coordenação regional,  junto com outros colegas prefeitos da coordenação de campanha da frente popular, isso significa que mudanças virá, até por que ele mesmo foi incisivo que nos próximos dias estará entrando em reunião com seu grupo político para que, atendendo um pedido do próprio Eduardo Campos possa levar em breve uma lista contendo nomes de quem realmente vai apoiar no município para as próximas eleições de outubro na capital do vale.

 Agora só nos resta  é aguardar, isso por que muitas aguas ainda irão rolar.
Tecnologia do Blogger.