Juiz de Petrolina é baleado na cabeça no Piauí e acusa bandidos e traficantes .

O juiz Edilson Rodrigues Moura da comarca de Petrolina em Pernambuco sofreu uma tentativa de homicídio neste domingo (4) em Bocaina, a 324 Km de Teresina. Segundo a polícia, o magistrado estava em um bar tomando com caldo quando foi surpreendido pelo disparo. O comandante da Polícia Militar em Picos, coronel Wagner Torres, contou que a bala atingiu o lado direito do rosto próximo à orelha da vítima. Segundo ele, o juiz estava com o projetil alojado na cabeça. “Uma unidade do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) fez os primeiros socorros e deslocou a vítima até o batalhão da PM em Picos, que fica 22km de Bocaína. Quando chegou aqui ele nos contou o que havia ocorrido. O juiz disse que estava em bar tomando um caldo quando se levantou para ir até o carro sentiu o tiro. Ele afirmou que a bala atingiu o lado direito do rosto próximo à orelha. A vítima está lucida e disse ainda que o projetil estava alojado na cabeça”, revelou.

Ainda de acordo com o militar, o juiz é natural de Bocaina, mas trabalhava em Petrolina no Tribunal de Júri, atualmente está afastado das funções por determinação do Tribunal de Justiça do Pernambuco. Edilson Rodrigues não sabe quem cometeu este crime. “Ele disse que não viu quem atirou. E ninguém sabe de onde partiu o disparo porque as testemunhas disseram que não escutaram o barulho de tiro”, acrescentou.
Edilson Rodrigues Moura foi encaminhado para um hospital particular de Teresina. O comandante contou que os policiais civis e militares fizeram a segurança do juiz no deslocamento até a capital.
Para a polícia, o juiz disse que suspeita que tenha sido alvo de traficantes. “Ele contou que já mandou prender vários traficantes e assaltantes, além de ter afastado o prefeito de Petrolina, em Pernambuco, e que pode ter sido vingança deles, mas vai aguardar as investigações”, disse coronel Wagner Torres.O Delegado de Picos Eduardo Aquino se deslocou para Bocaina afim de realizar diligências, para elucidar a ocorrência. (Portal G1 Piauí)


Tecnologia do Blogger.