Asfalto da estrada do catimbau só depende da Construtora que venceu a licitação, Confirma Vereador Melque

Quando em sua última visita a cidade de Buíque, ainda como governador, Eduardo Campos inaugurou o sistema de adutora do vale do catimbau e diga –se de passagem renovou ainda mais as esperanças de centenas de moradores da vila com a assinatura da ordem de serviço para início dos trabalhos do asfalto nas primeiras semanas   seguintes.
Passados já praticamente mais de 90 dias apenas as medições aconteceram e o que   já era pra estar totalmente asfaltado continua ainda como era antes a décadas e mais décadas, ou seja sem nem uma previsão de início.
Como  ultimamente nada mais nos assusta devido a tantas promessas, a redação do Girosocialb  saiu em busca de respostas e numa conversa informal com o vereador Melque, que aliás e o principal  interessado já que é  representante da comunidade na vila do catimbau, para qual foi eleito, as informações obtidas não foram muito satisfatórias, mas pelo menos não apaga definitivamente as esperanças de quem um dia sonha transitar sobre asfalto entre Buíque e a tradicional vila  do catimbau conhecida internacionalmente por estar entre as sete maravilhas do estado.
De acordo com o próprio vereador, numa das suas indagações junto ao DER, o próprio Melque descobriu que o início das obras do asfalto no trecho que liga a PE 270 nas proximidades do Km 03 na entrada para o vale do catimbau até a própria vila estar dependendo unicamente da empresa GMEC ganhadora da licitação para execução da obra, mas para que isso aconteça é necessário que se faça uma contra partida por parte da própria empresa, o que ainda não foi feito. Ainda de acordo com o parlamentar Buiquense o presidente da GMEC, Antônio Carlos Godoi ficou para fazer esse deposito de caução ainda esta semana, e se isso não acontecer o Departamento de Estradas e   Rodagens(DER) terá que convocar a segunda empresa colocada já que a GMEC não tem saldo suficiente para efetuar o deposito, ou não estar interessada em dar procedimento a tão sonhada obra que ainda não passou de um sonho da população do vale do Catimbau.

Foto Desbravando Pernambuco.
Tecnologia do Blogger.