Dezenas de motoqueiros, vindos de várias cidades, invade Arcoverde para se despedir do amigo que foi morto por uma vaga num estacionamento na cidade.

Num clima de comoção, saudade e dor, por volta das 17 horas centenas de amigos recepcionaram o corpo do empresário Marcelo Svolinski , morto a tiros por causa de uma vaga num estacionamento a mais de  cem metros do badalado restaurante Guaiamum na cidade de Arcoverde no sertão do estado.
Como era bem quisto na cidade e tinha amigos pelos quatros cantos do estado, dezenas de motociclistas integrantes de motos clubes da região tomaram a frente da câmara de vereadores da cidade para dar seu último adeus a um dos mais notáveis homem que em vida a única coisa que sabia fazer era colecionar amigos com toda sua generosidade e dedicação.
Os últimos momentos da vida de Marcelo foi marcado por um desentendimento na última quinta-feira quando de acordo com testemunhas, por volta das 21 horas enquanto manobrava sua motocicleta a vítima foi abordada pelo acusado, Daniel  da banda Noda de Caju  que solicitou que o próprio Marcelo retirasse seu  veiculo para ele passar, foi quando  ambos começaram  discutir e no momento da discursão a vítima foi atingida por  um  disparo   de arma de fogo  vindo um atingir o peito de Marcelo que ainda com vida foi levado ao hospital Memorial onde não  resistiu  e morreu.
Como o empresário era natural do estado do Paraná, seu corpo após  ser velado por duas horas na cidade que tanto lhe acolheu, ”Arcoverde” , seguiu por volta das 19 horas para o aeroporto dos Guararapes com destino a sua cidade natal Medianeira onde será velado por familiares e amigos  a partir das 14 horas deste sábado dia 14:00 horas  na capela  mortuária do cemitério  Municipal da cidade Paranaense .


Fotos : Emerson, J portal do Sertão.   
Tecnologia do Blogger.