Empresário Buiquense se destaca pela sua cultivação ao passado da imagem e do som num dos principais lava jato da cidade.

Atualmente com a chegada das novas tecnologias globalizadas no mundo digital que por sinal são infinitas as pessoas se envolve no mundo futurista de uma tal maneira que em certos casos visivelmente chegam a esquecerem do passado, passado este cheio de encantos, belezas culturais que para muitos nem na lembrança vai ficar por que não tiveram a cultura e o bom gosto de guardar certas relíquias valorosas principalmente fonográficas dos velhos e bons tempos que não voltam mais.
Em Buíque no agreste do estado o que muitos ainda não sabem, ou se sabe não tem o conhecimento de um tesouro exposto numa das principais lavas jatos da cidade que por sinal leva o nome da dupla CHITÃOZINHO E XORORÓ que é administrado por um empresário que apesar de sua juventude tem um gosto requintado pela legitima música de qualidade.
Fã incondicional da dupla Chitãozinho e Xororó, Junior Aguirre apenas não se destaca por ser um possuidor de todo trabalho musical da dupla preferida, como também um colecionador de tudo que se refere aos seus ídolos incluindo revistas, coletâneas, violão autografado, fotos sem contar do primeiro disco de vinil lançado pela dupla ao último Blue Ray.
Suas paixões pela boa música, principalmente os grandes clássicos mais antigos vão além de sua dupla preferida onde seus clientes e alguns visitantes tem o privilégio de conhecer o que pode se chamar de MIS (Museu da Imagem e do Som).
Nesta história de bom gosto e requinte se torna impossível buscar algum serviço oferecido pelo empresário e não se encantar com seu cantinho musical que é absolutamente decorado com o tema musicalidade inclusive isso por que cultura é uma questão de conhecimento, e conhecimento este jovem tem de sobra.    


Tecnologia do Blogger.