Inicio de novas obras, retomadas das que estão paradas, continuação das que estão em andamento, essas e outras ações prometem agitar o cenário do desenvolvimento em Buíque depois da copa.


 Verdade seja dita, com essa história de copa do mundo não somente as capitais onde foram e ainda estão sendo realizados os jogos parou, como o Brasil inteiro incluindo milhares de outras cidades que fazem parte deste que se chama país do futebol.

Em Buíque no agreste do estado, por mais que as coisas estejam acontecendo estão se tornando invisíveis aos olhos dos mais dos seus  53 mil habitantes, isso por que enquanto uma boa parte do atual governo trabalhar para fazer acontecer, outros tantos se escondem por traz dos seus gabinetes fictícios  à espera de gordos salários e  vidas temporárias de playboys  por que certamente o poder ilusionista lhes subiu à cabeça  dando-lhes a oportunidade de viverem uma vida que na verdade nunca as tiveram.
Enquanto uma centena de servidores levam as coisas na brincadeira esnobando do poder ao qual lhe foi dado, outras dezenas de servidores estão labutando para contribuir de todas as maneiras com o desenvolvimento do município que por sinal anda de ventos em polpa mas não é divulgado como deveria ser o que enalteceria ainda mais o nome do chefe do poder executivo pela suas incansáveis lutas em busca de recursos e obras  onde algumas já estão praticamente finalizadas e outras projetadas que serão entregue brevemente a população como é o caso da construção de duas quadras poliesportivas na sede do município, do pórtico turístico  e do  receptivo na principal entrada da cidade as margens da PE 270.   
Como a cidade ainda e considerada como uma das mais promissoras e detém sobre si o título de capital do vale, recentemente se tomou  a população tomou conhecimento da cobrança feita pelo prefeito Jonas Camelo ao atual governador do estado o início das obras do asfalto  ligando Buíque  á vila do Catimbau que estar sendo transformada  depois de tantos anos num dos principais canteiros de obras, isso  incluindo construção de uma quadra poliesportiva coberta toda murada , saneamento e calçamento de várias ruas entre elas a São Cristóvão que dar acesso a entrada do parque nacional além de suas paralelas.
Enquanto dezenas de operários seguem dando procedimento as obras numa das mais famosa vila do município, a vila do catimbau a sede se preparar para se transformar em outro canteiro de obras  depois da tão falada copa do mundo com a retomada dos calçamentos e saneamento no bairro frei Damião ,destaque  já para o reinicio  na próxima semana do  calçamento e iluminação da famosa rua do CCI, reforma e ampliação do prédio onde funcionava a Secretaria Municipal de Agricultura que estar mais parada do nunca  servindo apenas  como cabide de empregos na praça Nanô Camelo  e  passará a funcionar  uma creche, inicio de transformação do pátio da feira com construção de galpões pré moldados, banheiros, sala administrativa e ainda conclusão em 100% de todo calçamento e saneamento das ruas  da Vila São José.
Outros benefícios estão por vir antes das eleições como por exemplo retomada das obras do PSF do povoado Riachão, revitalização e iluminação nas principais praças na vila do Guanunby sem contar com o início da construção do PSF da Serrinha e recuperação de toda malha viária de estradas vicinais do município iniciando pela estrada que liga Buíque ao Amaro principal rota de escoo dos produtos de lacticínios e cerâmicas   uma das mais importantes e mais caóticas do município.
Redação e texto Adauto Nilo  
Fotos Francisco Carlos e Adauto Nilo

Tecnologia do Blogger.