Morre Policial atingido com um tiro disparado por um dos 20 bandidos num dos mais audaciosos assalto a banco em Inajá

Em época de copa do mundo onde o país recentemente assistiu através dos meios de comunicação as cifras valiosas em gastos expandidos nos estádios onde estão sendo sediados os milionários jogos que já estão a caminho de suas quartas de finais.
Então todo e qual quer Brasileiro por mais que seja menos informados deverá estar se perguntando, que país é este  cheio de tantas injustiças sociais promovidas por aqueles que tem sobre todos o poder de nos dar assistência total na saúde, na segurança nos permitindo um pouco de dignidade sem que tenhamos que estar sujeito a qualquer momento não sermos ceifados pela irá daqueles que não tem dor nem piedade de nossas vidas quando o assunto e dinheiro e poder, mesmo que esse poder seja  minoritário  por  que suas ganancias vão além da valorização dos cidadãos que estão ali  arriscando suas próprias vidas para defender as nossas.      
Em cumprimento ao ser deve e zelando pela segurança de centenas de moradores da cidade de Inajá no sertão do moxotó, aos 32 anos de idade, Anderson de Oliveira Souza (Sgtoº Oliveira) depois de uma troca de tiros com bandidos num dos mais audaciosos crime que chocou a região, as explosões das agências do Bradesco e Banco do Brasil efetuada por aproximadamente vinte elementos, não resistiu aos ferimentos e veio em seguida a falecer.
Um excelente profissional lotado na 4ª CIPM, Anderson de Oliveira deixa uma esposa e três filhos que certamente deverão estar se perguntando. Por que tanta maldade, por que fizeram isso com um cidadão que entregou a própria vida defendendo tantas outras.
Que País e esse, que investe tanto em outras áreas e esquecem que educação, saúde e segurança são caminhos de atalhos para que notícias como essas não mais possa acontecer.
Fotos  Arquivo pessoal da família.

 Redação Adauto Nilo
Tecnologia do Blogger.