Paulo Câmara diz: “Vamos governar fazendo Pernambuco crescer sem diferenças”

Cerca de 2 mil pessoas deixaram o conforto dos seus lares nessa quarta (16), no feriado da padroeira do Recife, Nossa Senhora do Carmo, para prestigiar mais um grande evento da Frente Popular, que vai eleger Paulo Câmara (PSB) governador. Organizado pelo deputado estadual Aluísio Lessa, no Baile Perfumado, o encontro contou com as presenças do prefeito Geraldo Julio (PSB), de candidatos proporcionais e de lideranças de diversos municípios da Região Metropolitana, além de representantes de cidades da Zona da Mata.  

Paulo Câmara prometeu dar sequência ao conjunto de ações que ajudaram a melhorar a vida dos pernambucanos nos mais de sete anos de gestão do ex-governador Eduardo Campos (PSB) e do governador João Lyra Neto (PSB). E com o compromisso de avançar ainda mais em áreas como educação, segurança e infraestrutura. “Vamos continuar a melhorar a infraestrutura. Vamos governar Pernambuco fazendo o Estado crescer por igual, sem diferenças”, afirmou Paulo Câmara, enfocando demandas da área da saúde que serão atendidas no seu futuro governo. “Construímos tantas estruturas, mas sabemos que é preciso fazer mais. Serão mais cirurgias, mais consultas, mais exames”, afirmou. 
Anfitrião, Aluísio Lessa destacou que Paulo Câmara sempre demonstrou grande capacidade no momento de gerir estruturas públicas - ele passou pelas secretarias de Administração, Turismo (onde acumulou a presidência da Empetur) e Fazenda. “Paulo atuou muito bem no governo. Deu demonstrações de que é o melhor nome para fazer com que Pernambuco siga na rota do desenvolvimento. Foi um excelente secretário em todas as pastas pelas quais passou”, assinalou Lessa.

O prefeito Geraldo Júlio frisou que o candidato da Frente Popular está conectado com as necessidades impostas pelo momento atual, ressaltando o seu compromisso e a sua determinação de fazer Pernambuco um Estado que dialoga com o futuro. “A Frente Popular escolheu um candidato para continuarmos avançando, para seguirmos dando as respostas às demandas de hoje e do futuro. Não apresentamos um candidato, como a oposição, que se encaixa no tempo de 50 anos atrás”, afirmou o gestor.



Tecnologia do Blogger.