Blecaute e transtornos marcam o XIV Festival da cerveja em Tupanatinga

Quando um evento em si   ganha um selo de tradição em qual quer cidade que seja, é necessário que seus produtores sigam ao pé de risca todo percurso feito tomando certas medidas para que o sucesso continue no patamar da primeira à última edição, inclusive se preocupando com os mínimos detalhes item por item que por sinal é a base fundamental para tudo dar certo nesse caso foi que não aconteceu durante a realização da XIV Edição do festival de cerveja realizado na tarde deste domingo (03) na cidade de Tupanatinga no agreste do estado.
Transferido apara o antigo Ginásio de esportes  que fica fora da cidade, o evento que em edições anteriores foi a marca  registrada  das tradicionais festas de agosto não conseguiu alcançar o público desejado ou pelo menos na mesma proporção de edições anteriores, sem muitas opções quem esteve prestigiando o festival teve de se contentar com a tradicional  cerveja    de litro  servida  em canecas de a alumínio  que ao mesmo tempo enquanto uns bebiam outros jogava no chão transformando o piso da quadra num verdadeiro lamaçal.
Sem nem uma iluminação do lado de fora, outro ponto negativo eram os banheiros masculinos e femininos que mal dava para entrar sem um mínimo de higienização o causou um grande transtorno a quem precisou usar.

Como se tudo isso não bastasse, justamente durante o show da principal atração que por sinal nem chegou a finalizar seu show, coincidência ou não faltou energia o que resultou em pequenos tumultos causados por algumas garrafas arremessadas no chão fazendo com que as pessoas evacuasse o salão subindo nos degraus para não  sofrerem algum tipo de acidente causado por algum estilhaço das próprias garrafas vazias.
Tecnologia do Blogger.