Em Tupanatinga funcionário público agride esposa e filho de apenas três meses de idade ainda decorador e preso por embriagar menor de idade, já em Venturosa amigo mata outro durante bebedeira e em Arcoverde troca de tiros deixa um ferido e duas pessoas são presas por porte de entorpecentes

A violência não escolhe data nem dia para acontecer nas pequenas cidades do interior Pernambucanos, os fatores para tais acontecimentos vêm de todas as formas mesmo que a polícia esteja sempre atenta se torna impossível não acontecer.
Em Arcoverde uma  troca de tiros deixa um ferido no bairro São Geraldo e duas pessoas são presas por porte de drogas, um era de maior e o outro de menor.
Em Tupanatinga no agreste do estado, o decorador Paulo do nascimento de 21 anos foi preso e conduzido a delegacia de polícia local acusado de embriagar um menor de 16 anos de idade, enquanto isso já no outro lado da cidade, o funcionário público Renato Azevedo da Silva morador da Rua Curral Novo foi preso em flagrante e conduzido à delegacia  acusado de agredir sua companheira   a dona de casa J.L.S de 22 anos  e também seu filho  um uma criança  de apenas três meses de idade que teve de ser hospitalizado com ferimentos na cabeça provocados pela ação do agressor.
Também na cidade de Venturosa, a polícia registrou o assassinato do servente de pedreiro Everaldo de Lima Cardoso de 39 anos, de acordo com as informações a vítima junto com Jurandir Lino da Silva ingeriam bebidas alcoólicas quando se desentenderam por motivos ainda desconhecidos. Após a discursão a vítima, Renato agarrou-se com um “porrete de madeira” na intenção de agredir o imputado Jurandir que depois de lesionado correu atrás de Jurandir lhe desferindo um golpe de faca que atingiu o abdômen, depois de consumado os fatos Jurandir se invadiu do local enquanto Jurandir foi socorrido e levado ao hospital não resistindo os ferimentos faleceu no local.  


Fonte  extraídas do 3º  BPM.
Tecnologia do Blogger.