Politica 2014: “Sou candidato por que creio que com experiência posso servir a Pernambuco” Disse Armando em entrevista a Rádio Liberdade

Crédito da foto: Leo Caldas/Divulgação

 
O candidato a governador Armando Monteiro (PTB) destacou, na saudação inicial no debate promovido pela rádio Liberdade de Caruaru, nesta quarta-feira (3), que o desafio do Estado é transformar o intenso crescimento experimentado pelo nos últimos anos mais justo, inclusivo e equilibrado, para todas as regiões.
 
Para promover esses avanços, explicou Armando, é preciso ter liderança, capacidade de articulação, lastro político e experiência. “Tudo isso para mobilizar a sociedade em torno dos objetivos”, completou o petebista.  “Com liderança, articulação política e mobilização da sociedade”, sublinhou o petebista, na saudação inicial do debate, mediado pelo radialista Sócrates da Silva.
 
 
Debate da Rádio Liberdade: Armando: “Guerra fiscal trava reforma tributária”
 
Armando Monteiro destacou no debate promovido pela Rádio Liberdade Caruaru que, graças aos governos do ex-presidente Lula e da presidente Dilma Rousseff, o Brasil pode criar um ambiente favorável para segmentos econômicos, como as micros e pequenas empresas, enquanto espera a realização de uma profunda reforma tributária.
 
O candidato Armando frisou que o que impede a realização de uma reforma tributária, hoje, é a guerra fiscal travada entre os Estado, uma vez que boa parte das discussões resvalam em torno da destinação do ICMS.
 
Armando no debate da Liberdade: "Pernambuco abriu mão de R$ 1,7 bilhão por ano em renúncias fiscais"
 
No debate da rádio Liberdade, em resposta a Paulo Câmara, Armando aproveitou para salientar que, no Senado, foi relator do projeto de lei que criou o Simples Nacional, legislação que reduziu a carga tributária para as micros e pequenas empresas, e também relator da matéria que universalizou os tributos para outros setores, retirando a Substituição Tributária, imposto ainda aplicado em Pernambuco e que penaliza muitos Microempreendedores Individuais (MEI).
 
O petebista também criticou o fato de Pernambuco ter promovido renúncias fiscais na ordem de R$ 1,7 bilhão ao ano para setores que não geram melhorias para o Estado. 
 
Armando no debate da Liberdade: "O desafio da saúde não é apenas construir novas unidades"
 
Sobre a questão da saúde, Armando garantiu que sua prioridade é a qualificação da rede para que a atenção básica seja oferecida a todos os pernambucanos: " A saúde é um grande problema. O primeiro esforço deve ser feito na cobertura do PSF. A meta é garantir 100% de cobertura".
 
O candidato ainda falou sobre a criação do Pernambuco Imagem, que vai oferecer exames em todas as regiões do Estado. "As pessoas esperam quatro, cinco meses por um exame. Vamos levar centros de diagnóstico para as UPAs Especialidade", disse Armando.
 
Debate da Rádio Liberdade: “Não se governa apenas com padrinhos ou madrinhas”

O candidato a governador Armando Monteiro (PTB) fez um resumo de suas propostas e do momento político atual, durante suas considerações finais do debate da Rádio Liberdade de Caruaru, nesta quarta-feira (3).

“Agradeço a Rádio Liberdade que nos proporcionou a oportunidade de iniciar o debate, que mostra as posições e perfis de cada candidato, com amplo conhecimento das capacidades”, disse Armando, saudando a iniciativa da realização do debate na Capital do Forró. “É emblemático começar esse processo aqui em Caruaru, onde também terminamos nossa pré-campanha.”

Ao final, ele destacou os desafios que Pernambuco enfrentará nos próximos anos. “Temos o desafio de consolidar o processo de crescimento econômico e trazer Pernambuco para um processo mais inclusivo e justo com os pernambucanos, inclusive, com mais integração social. Não se governa apenas com a formação e influência de padrinho, ou memórias, por mais importantes que sejam, ou madrinhas. Pernambuco precisa de voz, capacidade e iniciativa para promover o verdadeiro desenvolvimento que o Estado é capaz, finalizou.
Tecnologia do Blogger.