Dilma Reeleita com 51,64% dos Votos Validos Por Mais Quatro Anos

No primeiro discurso após ser reeleita presidente da República neste domingo (26), Dilma Rousseff (PT) prometeu realizar um plebiscito para definir como será feita a reforma política no País. “Meu compromisso é deflagrar esta reforma que é responsabilidade constitucional do congresso e que deve mobilizar a sociedade por meio de um plebiscito, como instrumento dessa consulta, nós vamos encontrara  força e a legitimidade exigida neste momento de transformação”, afirmou a presidente, que disse acreditar no compromisso do Congresso Depois de uma eleição vencida com pouco mais de 3% dos votos, Dilma fez um discurso de união nacional. “Conclamo, sem exceção a todos os brasileiros para nos unirmos em favor do futuro de nossa pátria, de nosso país e de nosso povo. Não acredito, sinceramente que essas eleições tenham dividido o país ao meio”, afirmou a petista, em Brasília.“Em lugar de ampliar divergências, de criar um fosso, tenho forte esperança que criamos condições para nos unirmos”, pediu. “Essa presidenta aqui está disposta ao diálogo e é esse o meu primeiro compromisso do meu novo mandato”, garantiu.Numa campanha onde a oposição defendeu muito a necessidade de uma mudança para o País, Dilma encorporou a palavra ao discurso da reeleição. “Toda eleição é uma forma de mudança, principalmente para nós que vivemos numa das maiores democracias do mundo. Quando uma reeleição se consuma ela tem de ser entendida como um voto de esperança dado pelo povo na melhoria do governo”, prometeu.Depois de ter sido acusada, nos últimos dias de campanha, de conhecer os desvios ocorridos na Petrobras, conforme reportagem da revista Veja, Dilma disse ter o compromisso rigoroso com o combate à corrupção.Dilma também prometeu dar mais impulso à atividade econômica, combater com rigor à inflação, e prometeu dialogar com todas as forças produtivas do País. 

Tecnologia do Blogger.