Fundação da Academia Buiquense de Letras e Arte Renova as Esperanças de um Futuro Promissor Para os Artistas E Amantes da Cultura na Capital do Vale

As primeiras horas desta  quarta feira,23 de outubro assim como demais datas de grandes relevâncias para a população do município de Buíque no agreste do estado certamente entrará para historia da cultura e das artes como um marco  histórico com a fundação e criação da Academia Buiquense de Letras e da Cultura da capital  do vale.
Com o objetivo de entrar para historia com  movimento em favor da cultura no município de Buíque que um dia acolheu de braços abertos o imortal Graciliano Ramos e  culturalmente tem filhos como Zabé de Loca e Cyl Galindo consagrados culturalmente nas maiores rodas de cultura Brasileira, a Academia Buiquense de Letras  a partir de hoje passará a ser um elo entre todos os artistas local com os poderes públicos e privados de todo país.
Desprovidos de apoios financeiros por parte dos poderes públicos, artistas e intelectuais  Buiquenses sempre mesmo cada um com seu talento individual  sempre sentiram na pele o gosto amargo na hora de lançarem suas obras de artes, sejam elas pintadas, escritas ou até mesmo declamadas impedindo-lhes muitas vesses do autor, escritor, pintor ou mesmo outros artistas das diversas áreas de   ganhar  projeção nacional  devido a falta do apoio, salvo aqueles que detém algumas economias reservadas que podem investir em sua carreira do próprio bolso, como é o caso do poeta e cordelista Paulo Tarcísio e do Próprio Manuel Modesto, idealizador e criador da A.B.L.A.  entre outros.
Como a cidade  de Buíque é um celeiro de artistas  distribuídos pelos quatros recantos do município, seu nome soa forte quando o assunto é o talento individual de cada um que é cada vez mais crescente as descobertas  numa geração  mais nova que segue os exemplos dos mais velhos que voluntariamente brilham por onde passam.
Com a criação e fundação da Academia Buiquense de Letras, abre-se as portas com a esperança de fechar as lacunas abertas pela falta de incentivo ao artista local que ao invés de lutar sozinho pelos seus ideias agora  passa a vislumbra novos horizontes nas artes por que não estarão mais sozinhos em busca de seus sonhos por que os membros que ali vão estar, estarão todos juntos num mesmo ideal que é, fazer com que a cultura e a arte passe a ser notada pelo valor da qual representa.
Diante de uma plateia de intelectuais e artistas  a primeira diretoria composta  por Manuel Modesto(Presidente) Paulo Tarcísio Ferreira (Vice Presidente) Eudes França ( Sec. Executivo) Leonardo Rogério(Tesoureiro)  Joseane Cavalcanti Ferreira( Sec. de Eventos) e Adauto Nilo( Relações Publicas)  foi apresentada e empossada , além dos outros integrantes que farão parte do corpo  de membros  do Conselho Fiscal e Suplentes da entidade criada sem fins lucrativos , e sem vínculos políticos.    

Durante a solenidade e apresentação se fizeram presentes alguns membros da Academia Pesqueirense de Letras, o atual secretario municipal de Cultura do município, Professor Blésman Modesto, a vice prefeita e secretaria de obras Miriam Briano  além de varias personalidades  incentivadoras e ligadas a cultura dentro do próprio município.
Tecnologia do Blogger.