Sem nem um tipo de violência e com a volta das famílias carnaval 2015 em Buíque, realizado através de parcerias chega ao seu final com um saldo positivo.

Quando o  prefeito  da cidade do Buíque, Jonas Camelo de Almeida  Neto tomou conhecimento  que em 2015 não se  poderia  investir nem um centavo por parte da prefeitura para realização do tradicional carnaval pela falta de recursos  já que o tempo não era hábil para se preparar um projeto  que atendesse  prazo e exigências do TCE/PE , um novo desafio lhe surgiu pela frente, que era projetar um novo formato e sair em busca de parcerias que ajudasse a bancar a festa  para não deixar passar em branco os quatros dias de folia no seu município.
Correndo contra o tempo, já que outras cidades anunciavam suas programações e outras faziam ao contrario cancelando, o próprio prefeito foi  de encontro a sorte e faltando menos de 15 dias fez cumprir suas promessas de que realmente o tão criticado e  comentado carnaval  de Buíque iria de fato acontecer, inclusive anunciando numa rádio local a programação que para muitos não iriam agradar isso por que, na grade das contratações não se tinha atrações de peso como de costume nos carnavais anteriores quando não se tinha nem uma objeção nem prazo  por parte do Tribunal.
Se para alguns críticos o carnaval não iria acontecer, para outros seria um  verdadeira negação, o que não aconteceu principalmente por que não ia ser  realizado  no pátio de eventos e sim na principal praça publica local onde a historia do carnaval de Buíque começou.

De volta ao local onde tudo começou, o carnaval de Buíque em  2015 além  de superar todas as expectativas serviu de exemplo de que quando as coisas dentro do poderes públicos municipais, estaduais e federais não envolve  interesses pessoais nem fins lucrativos acontecem de verdade, isso  por que mesmo sendo simples,  durante os quatros dias de frevo a população acreditou, as famílias  compareceram  a praça para  prestigiaram e reviverem um  carnaval que trouxe  a felicidade de volta para todas  as idades  que puderem brincar na paz sem nem um registro de violência por que a segurança foi priorizada pela policia que esteve presente em todos os dias  coibindo qual quer  tipo de ameaça de violência no local.
Tecnologia do Blogger.