Buíque e o primeiro município a pagar aumento retroativo a seus professores de nível médio

Enquanto professores da rede estadual de ensino  paralisam suas atividades em salas de aulas, em Buíque no agreste do estado,  os profissionais  do nível médio da rede municipal de ensino  foram contemplados com a noticia de que  foi enviado a câmara municipal  o projeto de lei 01/2015 que eleva a remuneração do mínimo do professor de nível médio com jornada de 40 horas para 1.918,00.

Como  o projeto depende da aprovação  pelos  vereadores da casa Jorge Domingos Ramos que   irão se reunir   amanhã, quinta feira  em sessão extraordinária sem ônus   para aprovar,  já estar programado por parte do executivo municipal  o pagamento em parcela única retroativo de janeiro,  o que significa uma injeção  financeira de altos valores no comercio local. 
Foto Internet.
Tecnologia do Blogger.