Um inicio sem fim na VPE Empresário Cirilo Henrique de Araújo que liga Buíque a uma das sete maravilhas de Pernambuco, o vale do catimbau.

Quando em 11 de julho,   a Assembleia Legislativa  decretou  e então governador naquela época Eduardo Campo sancionou  o projeto de Lei 14.728 de autoria do deputado Claudiano Martins Filho denominando  de Rodovia Empresário Cirilo Henrique de Araújo  á V.PE 280 que liga a sede do município de Buíque ao Parque Nacional do Vale do Catimbau  entrando essa lei em vigor na data de sua publicação , moradores e usuários dos 12 quilômetros da principal via de acesso ao vale do catimbau, único e singular no estado  vislumbraram  um futuro  turisticamente promissor assim como o próprio vale contemplado pela natureza com o que homem nem um no mundo seria capaz de fazer sem  visar alcançar nada em troca.
Passados justos dois anos da aprovação da lei que tirou do município a responsabilidade de cuidar da  única via de acesso ao catimbau, o que parecia  impossível tornou-se em realidade quando o próprio Eduardo Campos aportou na cidade de Buíque para num ato solene durante a inauguração da adutora do vale assinar a tão almejada ordem de serviço  que daria inicio as obras  do asfalto no dia seguinte.
Passados novamente mais vários  meses entre idas e vindas, enfim  iniciaram-se as obras  com todas as garantias  de que antes do pleito eleitoral de 2014 a tão sonhada obra seria entregue  a população, mas como estamos num pais em que as coisas só funcionam em  períodos eleitorais, passou as eleições e  o prosseguimento  para conclusão das obras novamente  ficou estagnando esperando novamente  a retomada que deve acontecer ainda não se sabe quando, talvez nas próximas eleições  para governador , Senador, e Deputados  em  2018


Tecnologia do Blogger.