Buíque Concurso Publico: Dentro do prazo de votação, vereador de oposição pede visto ao projeto de lei adiando o sonhos dos concurseiros de plantão

No primeiro capitulo da historia do Concurso Publico da Cidade de Buíque que teve início na ultima terça  feira(15) passada, onde foi   apresentado   pelo presidente da câmara de vereadores e depois  repassado  para  as duas principais comissões que são :  Legislação, Justiça  e Redação Final,  Planejamento, Finanças, Orçamento e Desenvolvimento  as responsabilidades do tão sonhado concurso passou do poder executivo para o legislativo, isso por que de acordo com as leis o próprio executivo fez sua parte enviando o projeto.

Passados oitos dias do início de toda essa historia,  nas presenças de dez dos doze parlamentares,  isso por que sabendo que o projeto entraria para votação os vereadores Melque do Catimbau e Edil França foram  os únicos que faltaram, quando tudo parecia que ia dar tudo certo por que  além do presidente os outros 10 vereadores estavam pronto para ficarem de acordo com o projeto e assim aprovando, depois de apresentar  seu parecer escrito  com uma emenda  e   por entender que necessitava mais uns dias  para de fato analisar o projeto aproveitando ainda que estar dentro do prazo para aprovação do projeto  que  são trintas dias a contar da data do recebimento o vereador  oposicionista Daidson Amorim   pediu visto  transferindo toda responsabilidade e expectativas do Concurso publico para próxima terça feira(29). 
Tecnologia do Blogger.