Desfile de sete de setembro em Buíque marcado pelo heroísmo de cada participante

Sete de Setembro, dia da independência no Brasil, dia onde todo o país comemora a data mais especial de sua historia marcado pela liberdade de poder ser de fato livre.
Em Buíque no agreste do estado, a data começou a ser  marcada  com o hasteamento das bandeiras no paço municipal nas primeiras horas da manhã  se estendendo pela tarde entrando  pela noite .
Como a cidade é composta pela sede e alguns distritos , o desfile  na principal central começou no seu horário previsto de 15 horas, isso por que apesar do imenso calor  diretores e alunados  se renderam aos encontros de desfilar para uma plateia de aproximadamente  oito mil pessoas espalhadas nas laterais que foram prestigiar o evento.
Sem tomarem conhecimento da tão falada crise, diretores, professores e coordenadores  buscaram através de suas criatividades uma formula magica para transformar a avenida  numa passarela onde alunos de  todas as idades e classes sociais  brilharam com seu patriotismo de desfilar exibindo suas belezas unidos pela independência de cada um.

Entre um desfile e outro, homenagens foram prestadas, temas foram exibidos como  gritos de alertas  através de  melodias para chamar a atenção para corrupção  no pais como uma ala da Escola Anália Simões  fez  na execução da letra da musica  meu pais da dupla Zezé de Camargo e Luciano que diz:

Tem alguém levando o lucro 
Tem alguém colhendo o fruto 
Sem saber o que é plantar 
Tá faltando consciência 
Tá sobrando paciência 
Tá faltando alguém gritar 
Feito um trem desgovernado 
Quem trabalha tá ferrado 
Nas mão de quem só engana 
Feito mal que não tem cura 
Estão levando a loucura 
O país que a gente ama.

Tecnologia do Blogger.