Com as contas de 2009 e 2013 aprovadas pela câmara de vereadores, e mais a de 2011 aprovada pelo Tribunal de Contas, Prefeito de Buíque mostra que ainda estar com seu prestigio em alta.

Enquanto  alguns membros dos grupos de oposição ao prefeito do município de Buíque no agreste do estado se articulavam em pensamentos para que as contas de 2009 e 2013 ambas indicadas pelo Tribunal de Contas  no exercício de 2009 fosse reprovada na sua integra e a de 2013  fosse aprovada com ressalvas  pelos vereadores do município, tudo apenas ficou no pensamento e ao contrario do que se imaginava contrariando alguns pensamentos o prefeito além de sair vitorioso com suas contas aprovadas na casa Jorge Domingos Ramos, com os ventos soprando ao seu favor  recebeu a notícia que o mesmo tribunal que indicou a rejeição das contas de 2008, aprovou as do exercício de 2011 totalizando três prestações de contas aprovadas em menos de 24 horas.
Num longo parecer dado pela Comissão de Legislação, Justiça e Redação Final  que foi apresentado por mais de  uma hora através de leitura pelo segundo secretario Rômulo Camelo, 12 dos treze vereadores ficaram de acordo com o texto na integra da comissão enquanto apenas Daidson Amorim acompanhou o parecer do tribunal para rejeitar as contas de 2009, o  que de fato não aconteceu.
Se as contas de  2009 estava no centro das atenções, os vereadores tiveram mais de 15 dias para analisarem pagina por pagina até encontrar alguns desencontros nos pareceres emitidos pelos auditores do Tribunal o que tornou inviável não aprovarem.
Com as contas de 2009 já aprovadas, as de 2013 não tornou mais fácil, isso por que já estava indicado  pelo T.C.PE sua aprovação o que aconteceu mais rápido e não tomou muito tempo dos parlamentares Buiquenses que com 12 votos ao parecer da mesma comissão e um voto  acompanhando o parecer do Tribunal que mais uma vez foi dado por Daidson, praticamente foi aprovadas por unanimidade já que todos os 13 vereadores votaram pela sua aprovação.

Se de um lado alguns apostam em seus pensamentos, do outro lado o coordenador de gabinete Ronaldo Andrade ao invés de ficar pensando enquanto os vereadores analisavam as contas do chefe do executivo  estava juntamente com o Vereador e Tio do prefeito Rômulo Camelo articulando para saírem com êxitos  na jornada que era a de verem as duas contas aprovadas assim como aconteceu.   
  
Tecnologia do Blogger.