Municípios cada vez mais pobres, inclusive Buíque , isso por que, o repasse do FPM do primeiro decêndio de outubro é 19,39% menor em comparação com o ano passado

O primeiro decêndio de outubro do Fundo de Participação dos Municípios (FPM) será de R$ 2.033.991.158,98 – descontado o Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação (Fundeb). O montante bruto, sem o desconto, será de R$ 2.542.488.948,73. A transferência ocorre nesta sexta-feira, dia 9.

Em comparação com o primeiro repasse de outubro do ano passado, o FPM apresenta queda de 19,39% em termos reais. No mesmo período, os Municípios receberam R$ 3,154 bilhões.

A Confederação Nacional de Municípios (CNM) também identifica recuo no acumulado deste ano. Com este decêndio de outubro, o FPM de 2015 soma R$ 63,995 bilhões. No mesmo período de 2014, o acúmulo era de R$ 66,357 bilhões. Portanto, queda de 3,56% em termos reais.

Previsão
De acordo com estimativa da Secretaria do Tesouro Nacional (STN), apesar do primeiro decêndio apresentar queda, neste mês deve haver um aumento de 19% em relação à setembro deste ano. Crescimento de 13% comparado ao mesmo período do ano passado.

Mesmo com esta previsão, a CNM alerta os gestores   de todas as cidades, inclusive Buíque, Ibimirim, Arcoverde, Tupanatinga e demais cidades do sertão  para que tenham cautela e prudência na execução das despesas. A perspectiva é de queda no repasse agregado de outubro.
Tecnologia do Blogger.