Arcoverde decreta situação de emergência por causa da epidemia de dengue e do aumento de incidências de Chikungunya e Zika, vírus transmitidos pelo mosquito Aedes aegypti.

O decreto Nº 209/2015 foi assinado nesta segunda-feira (30) e será válido por 90 dias. Com essa decisão,  a prefeitura pode adotar imediatamente, sem licitação, medidas administrativas necessárias para imediata resposta à situação, como implantação de força- tarefa para enfrentamento do mosquito e contratação temporária de profissionais.
A partir de hoje (30), o grande mutirão articulado em reunião com sociedade civil organizada, na última sexta-feira (27), está nas comunidades de Barragem, Imagel e Jardim Petrópolis, que ficam no bairro do São Cristóvão.
Para isso, os agentes de Endemias, agentes Comunitários de Saúde e funcionários da limpeza pública estão juntos nas visitas às residências. A ideia é coletar qualquer material sem uso, que possa servir de criadouro para o mosquito e fazer o trabalho de conscientização na coleta do lixo.

 De acordo com as informações ,a prefeita Madalena estará reunida ainda nesta segunda, às 16h, com o Governador Paulo Câmara e com todos os prefeitos de Pernambuco, no Hotel Canariu’s, em Gravatá, para debater o PLANO ESTADUAL DE ENFRENTAMENTO das doenças transmitidas pelo mosquito Aedes Aegypti. A presença do Ministro da Saúde, Marcelo Castro já foi confirmada.
Tecnologia do Blogger.