Em forma de protestos, índios da aldeia kapinawá fecha trecho da PE 270 em Buíque.

Depois de algumas secretarias municipais da cidade de Buíque terem fechados suas  portas na manhã desta quinta feira (05) temendo de serem  invadidas  pelos índios Kapinawá  em mais um protesto  por falta de  alguns cumprimentos de acordos entre a etnia e o  poder publico municipal, por volta das 12:30 sobre o comando do cacique Romero  dezenas de índios resolveram  fechar um trecho da 270 que interliga as cidades de Buíque a Arcoverde  impedindo a passagem de qual quer tipo de veiculo no referido local.
Como a PE 270 é a única via de acesso entre as duas cidades, dezenas de motoristas estão sendo impedidos de continuar suas viagens  aos seus destinos, sem saída em alguns casos vários motoristas que tem presa de chegar estão fazendo o retorno e buscando outras saídas alternativas por estradas vicinais  para seguirem seus destinos.
De acordo com Romero, atual cacique da aldeia Kapinawá que estar localizada na Mina Grande  o Município de Buíque, o protesto que gerou o fechamento da PE  vem de encontro com a morosidade do governo Municipal que não cumpriu  as demandas dos acordos firmados  entre ambas as partes , inclusive a recuperação de varias estradas vicinais que interligam a aldeia a sede do município além de outras vias nas proximidades da aldeia.

Quando  foi perguntado ate que hora duraria o fechamento da PE 270, sem pensar duas vezes, o cacique foi bem incisivo.” Só  iremos liberar e acaba com esse protesto quando alguém da secretaria de governo  chegar aqui com as maquinas” concluiu Romero.
Tecnologia do Blogger.