Chuva deixa rastro de destruição e medo pelas ruas do Recife nesta sexta feira

As chuvas deixam um rastro  de destruição e breu na Região Metropolitana do Recife nesta sexta feira(29). Além de diversos pontos de alagamento, semáforos sem funcionar, falta de energia, outdoors arrancados  pela força do ventos e um ciclista  que morreu atingido por uma árvore enquanto passava pela Avenida Rosa e Silva .
De acordo  com a as informações , um total de 22 árvores foram arrancadas pela força dos ventos que são as seguintes:
 1º  Av. Caxangá, semáforo 235;
2º Rua Quarenta e Oito / Rua da Hora;
3º Rua Palmares, lado oposto ao posto RM (Cemitério Santo Amaro);
4º Av. Caxangá próximo ao Hospital Getúlio Vargas;
5º Av. João de Barros, sem. 412;
6º Praça de Campo Grande;
7º Av. Recife , entrada de Jardim São Paulo no sentido aeroporto;
8º Av. Góes Cavalcante ( Casa Amarela)
9º Av. Alfredo Lisboa, próximo ao Marco Zero;
10º Outdoor do Cabanga Iate Clube caiu sobre a via;
11º Av. Malaquias / Av. Rosa e Silva:
12º Rua Henrique Dias, Colégio Militar (Vítima nas ferragens);
13º Av. Norte, entrada do Morro da Conceição;
14º Mercado São José;
15º Av. Rosa e Silva, em frente ao Hospital do Servidor (Vítima Fatal - Ciclista);
16º Rua da Harmonia, Farmácia Bom Jesus;
17º Rua Siqueira Campos / Av. Dantas Barreto;
18º Rua Pedro Afonso, nº 584;
19º Av. Agamenon Magalhães, Clube Português;
20º Av. Norte, entrada do Morro da Conceição;
21º Av. General San Martins, em frente a CHESF;
22º Rua Costa Gomes, em frente a Drogasil e Massa Nobre.
Tecnologia do Blogger.