Sem reajuste por um ano, passagens nos transportes alternativos entre as cidades de Buíque e Arcoverde, passam de 6 para 7 reais a partir de 1º de Fevereiro.

 Enquanto os combustíveis aumentam gradativamente em todo país, milhares de passageiros ainda  continua encontrando  suas maneiras para economizar utilizando um dos meios mais seguros que são os transportes alternativos através de suas   frotas  que continuam investindo cada vez  para oferecer  conforto e  segurança  atendendo  uma  demanda de passageiros  que cada  vez se torna mais crescente  utilizando os meios de transportes entre  as cidades do interior, principalmente no de Pernambuco.
Com  a missão de transportar  centenas de passageiros diários entre as cidades de Buíque e Arcoverde, a Associação de Transporte Alternativo (ATAAG)  que tem sobre sua presidência o sindicalista Élson Francisco onde   junto aos seus associados  decidiram em uma  assembleia  geral que aconteceu na ultima sexta (08)  aumentar o valor das passagens  de sua linha que atualmente custa R$ 6.000  para R$ 7.000  a partir do  próximo 1º de Fevereiro.
Élson Francisco.
Como a linha em seu percurso tem varias paradas, também ficou estabelecido  na assembleia que todos os usuários  que portam a carteirinha a passagem passa  de R$ 5.00 para R$ 6.00, enquanto isso  o valor de R$ 5.000 cobrado nos percursos feitos até o meio do caminho não será reajustado permanecendo o mesmo valor do aumento dado na reunião de 09 de fevereiro de 2015  passado.

Justificando o aumento das passagens que passa de R$ 6.000 para R$ 7.000 reais, Élson Francisco justificou que os combustíveis e peças de veículos durante todo ano tiverem expressivos aumentos, os quais não foram repassados aos usuários, mais que com o ultimo aumento de combustíveis que teve recentemente ficou inviável  não aumentar  o valor das passagens e não repassar o mesmo aumento para seus passageiros.    

Tecnologia do Blogger.