Júlio Cavalcanti cobra segurança para o povo de Pernambuco

Na reunião plenária desta quinta-feira (18) o deputado Júlio Cavalcanti foi à tribuna para destacar, mais uma vez, a insegurança que tomou conta do Estado de Pernambuco. O parlamentar destacou que apresentou na Assembleia Legislativa uma indicação pedindo para seja reforçado o efetivo de policiais no município de Ibimirim. “A cidade está sofrendo com o crescimento dos índices de criminalidade, e a população se sente insegura, refém dos bandidos, sem ter quem zele pela sua segurança – segurança que é um dos pilares básicos que devem ser oferecidos pelo Estado ao cidadão”, destacou.Júlio falou, ainda, sobre o assalto a uma agência bancária que aconteceu no município e levou pânico aos moradores. Cerca de 15 bandidos fortemente armados dispararam vários tiros antes de explodir o banco. “O detalhe é que é curiosamente triste é que a agência bancária fica a aproximadamente 100 metros do pelotão da Polícia Militar, que infelizmente foi desativado recentemente pela Secretaria de Segurança Pública, e o resultado é esse que a gente acaba de ver”, disse ele.O assunto segurança é recorrente nos pronunciamentos do deputado Júlio Cavalcanti. “É um tema que me preocupa, trato dele sempre, na tribuna, indicações, apelos, denúncias, entrevistas: a falta de segurança que tomou conta do Estado de Pernambuco. Não falo, apenas, do Pacto pela Vida, que a cada mês piora os seus índices. Falo repetidamente do dia a dia do cidadão, do direito de andar pelas ruas da sua cidade tranquilamente e sem medo”, afirmou. “Insegurança nas ruas, insegurança nas estradas, insegurança dentro da própria casa. Porque se não tem polícia, o bandido se sente completamente à vontade para praticar o crime que ele quiser. Fica tranquilo, tranquilidade que deveria pertencer ao cidadão de bem, que paga seus impostos, que quer, do Estado, o seu direito de ir e vir”, complementou.
Finalizando sua fala, o parlamentar pediu que o governador Paulo Câmara olhe para as reais necessidades do povo pernambucano. “O povo não quer propaganda bonita. o povo quer saúde, educação, segurança”.
Fonte Assessoria de Imprensa


Tecnologia do Blogger.