MP suspende propaganda do PP em Pernambuco por privilegiar imagem de Eduardo da Fonte

A pedido da Procuradoria Regional Eleitoral em Pernambuco (PRE-PE), o corregedor do Tribunal Regional Eleitoral de Pernambuco (TRE-PE), Paulo Victor Vasconcelos de Almeida, determinou, em decisão liminar, a suspensão imediata da veiculação das inserções do Partido Progressista (PP).A propaganda já foi ao ar nos dias 25 e 28 deste mês e seria novamente exibida no próximo dia 30 de março e também em 1º de abril. 
Na peça, o MPF eleitoral afirmou que o encerramento da peça é aberrante por exibir uma prestação de contas de Eduardo da Fonte, e não algo que remetesse ao conjunto do partido.
Fonte Blog do Jamildo
Tecnologia do Blogger.