Impeachment é aprovado na Câmara e segue para o Senado

O pedido de impeachment da presidente Dilma Rousseff foi aprovado, na noite deste domingo (17), no plenário da Câmara da Câmara dos Deputados e segue para a apreciação do Senado. Foram 367 a favor, 137 contra, sete abstenções e duas faltas, totalizando 511 votos. O deputado Bruno Araújo (PSDB-PP) foi quem deu o voto responsável pelo prosseguimento do processo.
A sessão foi marcada por discursos exaltados e, na hora da votação, muitas menções às famílias, temas religiosos e a corrupção (o teor dos discursos gerou muitos memes na internet). Os destaques ficaram por conta dos discursos de Jair Bolsonaro, Marco Feliciano, Jean Wyllys (que se envolveu em uma polêmica ao cuspir na direção de Bolsonaro) e Tiririca.


Tecnologia do Blogger.