Policia prende dois suspeitos da morte do Colunista social Marcolino Junior

A TV Asa Branca confirmou a morte do jornalista e colunista social Marcolino Júnior, 46, com atuação marcante em Caruaru. A emissora, no ABTV de agora à noite, entrevistou profissionais de outras cidades do Agreste que eram amigos do repórter e apresentador, desaparecido desde o último sábado, depois de fazer compras com a mãe num mercado da cidade.

Um cidadão do município de Sairé ligou para a polícia depois que um corpo foi descoberto na zona rural daquele município. Estava só de cuecas e já em estado de decomposição. Mesmo antes da confirmação oficial do IML, amigos, parentes e a polícia disseram se tratar do colunista.

Ele teria tido uma morte violenta, pois havia sinais no pescoço de ter sido atingido por algum objeto perfurante.

Marcolino trabalhava há 15 anos na TV Asa Branca, apresentando o programa Agenda Social. Já tinha sido aprovado pela direção da emissora um novo projeto do profissional, intitulado “Perfil”, que teria duração de um minuto e seria apresentado na emissora nos intervalos comerciais.

O telejornal da Asa Branca foi encerrado sem áudio, na edição noturna, com o apresentador sério, em silêncio e expressando pesar pela perda do colega.


Kitty Lopes, a mais conhecida colunista social de Garanhuns, foi entrevistada no ABTV e confessou estar muito triste com o que aconteceu com o amigo. “Marcolino vai ficar para sempre em nossos corações”, frisou a jornalista.

Duas pessoas já foram detidas pela polícia e o possível assassinato deve ser esclarecido o mais rápido possível.


Tecnologia do Blogger.