Ibimirim: prefeito abre frente de 35 pontos a frente de sua ex aliada e atual adversária politica

O prefeito e candidato à reeleição pelo PP de Ibimirim, José Adauto da Silva, o Adauto Bodegão, abriu 35 pontos de diferença sobre a sua adversária no pleito municipal, Rozanea Rodrigues Bezerra, a Fofa, do PSD. Em pesquisa realizada pelo Instituto Opinião, Adauto aparece com 57,6% das intenções de votos, enquanto Fofa tem apenas 22,4%. Brancos e nulos totalizam 3,6% e indecisos 16,4%
Na espontânea, modelo pelo qual o entrevistado é forçado a lembrar do nome do candidato sem o auxílio do disco contendo os nomes de todos os candidatos, Adauto (PP) lidera com 52,4%, enquanto Fofa (PSD) apresenta 20,3% das intenções de votos. Brancos e nulos somam 3% e indecisos sobem para 24,3%.
No item rejeição, Fofa aparece no topo. Entre os entrevistados, 37,9% disseram que não votaram nela de jeito nenhum,  enquanto 16,7% disseram que não votariam de jeito nenhum em Adauto Bodegão. Dos entrevistados, 3,6% disseram que rejeitam todos e 41,8% afirmaram que não rejeitam nenhum dos candidatos.
As entrevistas foram realizadas nos bairros Agrovilas I, III, IV, V e VIII, Areia Branca, Areia Preta, Avenida Brasil, Baixa da Umburana, Bandeira I, Barro Branco, Boa Vista, Brejo, Campos, Centro, COHAB, Jeritaco, Lajes, Loteamento Ângelo Gomes, Macambira I e II, Moxotó, Nazário, Padre Cícero, Pereiros, Poço da Cruz, Poço do Boi, Puiu, Quiridalho, Serra Verde, Sítio Café, Sítio Gila, Sítio Henrique, Sítio Jorge, Sítio Pedra Vermelha, Sítio Salina, Trocado e Vila da Caixa.
Com 330 questionários aplicados, o levantamento foi a campo nos dias 3 e 4 de. A modalidade de pesquisa adotada envolveu a técnica de Survey, que consiste na aplicação de questionários estruturados e padronizados a uma amostra representativa do universo de investigação. Foram realizadas entrevistas pessoais e domiciliares. A pesquisa está registrada sob o protocolo PE-08791/2016.
Avaliação de Adauto Bodegão
O prefeito Adauto Bodegão (PP) faz uma gestão bem avaliada. Para 73% da população, a sua administração é aprovada, enquanto penas 17% desaprovam. Entre os entrevistados, 10% não soubera responder ou se negaram a responder. O Governo Paulo Câmara tem 30,9% de aprovação e 26,4% de desaprovação, enquanto o Governo Temer tem 53,3% de desaprovação e 13,6% de aprovação.

 Fonte Blog do Magno
Tecnologia do Blogger.