Em Belo Jardim população se revolta e queima veiculo do pastor acusado pelo estrupo de uma criança com três anos de idade.

No ultimo final de semana, um crime  de estupro  chocou a cidade  de Belo Jardim no agreste do estado  tanto pela  pratica como pelo autor do ato.

José Manuel da Silva, 45 anos de idade, pastor de uma igreja evangélica  conviva apenas a cinco mês   com a mãe da vítima, um garoto de apenas três anos de idade.
De acordo com as informações da policia; a mulher costumava  levar o filho  quando ia para casa do acusado que era seu namorado e muitas vesses  enquanto o filho  ficava sozinho com o pastor o crime acontecia  com frequência .

Ainda de acordo  com a policia, a mãe da criança   resolveu denunciar  o  caso, quando começo a notar alterações no comportamento do filho percebendo os sinais de violência sexual , conduzido  para  fazer exames sexológicos , além de ficar comprovado a penetração anal , constatou-se que o garoto foi infectado  pelo vírus do papiloma humano  (HPV) uma doença  sexualmente transmissível .

Revoltados com as notícias familiares e vizinhos  tocaram  fogo  no veiculo do pastor que estava estacionado numa rua próximo a sua residência .

Preso em sua residência na Cohab III por meio de um mandato expedido pela comarca de Belo Jardim, na ultima sexta feira-18 o pastor foi conduzido ao presidio Desembargador Augusto Duque na cidade de Pesqueira , onde ficará  a disposição da Justiça.
Fonte e Foto : Se liga Belo Jardim
Tecnologia do Blogger.