Em Buíque, estudo da Policia aponta que; 90% dos casos envolvendo menores é por que eles não frequentam nem um tipo de escola

Após uma análise nos delitos de menores infratores praticados na cidade de Buíque, percebeu-se que em aproximadamente 90% dos casos os referidos menores não estão estudando ou sequer matriculados em escolas públicas da cidade, não por falta de vagas ou incapacidade de locomoção, e sim, porque simplesmente não querem. 

É um crime cometido pelos pais que deixarem de proporcionar aos seus filhos à instrução primária, ou seja, acontece quando os pais não matriculam os filhos, na idade escolar, nos estabelecimentos de ensino, incorrendo no "Art. 246. Deixar, sem justa causa, de prover à instrução primária de filho em idade escolar:

Pena -detenção, de 15 (quinze) dias a 1 (um) mês, ou multa


Algumas escolas já começaram a matricular alunos outras irão abrir as inscrições, então senhores pais, matriculem seus filhos. Este ano iremos focar mais neste tipo de crime. A missão do Estado é disponibilizar e incentivar o ensino. No entanto, cabe aos pais, cumprindo os deveres que são inerentes ao poder familiar, dirigir a criação e educação dos filhos menores.

Fonte: Assessoria de imprensa DP Buíque
Tecnologia do Blogger.