Enquanto Buíque se preparar para anunciar suas atrações do seu carnaval, outras cidades, outras cidades do estado fazem ao inverso cancelando suas festas de momo.

Enquanto uma maioria da população de Buíque, no agreste do estado aguarda ansiosamente a próxima segunda-feira (30) para  conhecer  a estrutura e programação do Carnaval 2017.

Estado afora, outros prefeitos fazem o inverso de Arquimedes Guedes Valença , ao invés de convocar os meios de comunicação para anunciar suas programações, culpando o momento de crise que o país atravessa, estão cancelando uma das festas mais populares do mundo, que é o Carnaval.

Ribeirão na zona da mata, onde  e administrada por Marcelo Maranhão , eleito prefeito pelo PSB , foi o primeiro município a anunciar que em 2017 não haverá o seu Carnaval.

Seguindo o exemplo do prefeito de  Ribeirão, Verônica do Major que é prefeita do município de Gameleira , também fez o mesmo, cancelando o carnaval de rua realizado pela prefeitura  na cidade.


Em terceira posição,  Lula Cabral,(PSB) gestor do Cabo de Santo Agostinho , assim como  em quarto lugar Luciano Duque do PT  bateu o pé na parede e resolveu cancelar o carnaval de Serra Talhada, cidade dos filhos ilustres Lampião e Maria Bonita
Tecnologia do Blogger.