Preocupada com o atual cenário e queda de vendas no comércio, ACB em reunião cobra soluções entre instituição financeira, poderes executivo e legislativo em Buíque

Preocupados com o atual cenário econômico que o município de Buíque vem vivenciando com a falta de circulação de dinheiro no comércio, uma reunião  entre representantes de  instituições como ,Banco do Brasil, Associação Comercial e poderes Executivos e Legislativo Municipal   que aconteceu  na sede do Sismub, marcou o finalzinho de tarde desta terça-feira (31) na capital do vale.

Em pauta, uma busca de soluções  á curto e médio prazo  que viabilizem  o retorno  do aquecimento  nas vendas do comércio local que depois dos últimos acontecimentos  com as investidas contra aos banco nos últimos meses que afetou toda população  dependente de serviços bancários dentro do âmbito do município.

Como o assunto em pauta abordado  era o aquecimento nas vendas do comércio local, iniciando o debate entre perguntas e respostas, Sergio Cabral Campos,  novo gerente,   que recentemente assumiu a  gerência da agência do Banco do Brasil   quando questionado sobre a normalidade dos atendimentos  e serviços bancários  não apresentou data certa, mais tranquilizou  os presentes informando que apesar de tudo está se empenhando o máximo para que haja mais habilidade no processo de reforma e volta do atendimento em sua normalidade em Buíque.

Como o Banco do Brasil, não é uma instituição financeira privada, não se reforma uma agência de um dia para o outro, isso porque como qualquer outro órgão publico exige-se normas a serem seguidas , onde todo tipo de compras se faz necessário passar por todo um processo licitatório .”Completou Sérgio Cabral Campos”
Seguindo o debate em busca de soluções, quando a palavra foi passada ao prefeito do município, indagado sobre sua posição, o prefeito  Arquimedes Guedes se colocou a disposição e prometeu se unir aos empresários  para juntos buscarem soluções plausíveis a médio prazo , inclusive  criando um calendário diferenciado  com pagamentos aos servidores em três datas específicas  por ordem de secretarias realizados nos dias 10,20 e 30 de cada mês.

Com a palavra, o empresário  Junior Pacheco Freire  fez questão de ressaltar  uma significativa   queda nas vendas em todos os setores do comércio local, inclusive apontado pontos positivos que podem a curto prazo ajudar na retomada  e aquecimento nas vendas dos setores atingidos.
Além da participação de Corina Galindo, “Presidente do Poder Legislativo Municipal” secretários do município  participaram ao lado de outras dezenas de empresários  da reunião marcada pela mesa diretora da ACB que como presidente, o empresário Diógenes.


      
Tecnologia do Blogger.