Bancos têm cinco dias para reabrir agências danificadas após assaltos em PE

O governo de Pernambuco instituiu, nesta terça-feira (7), uma medida cautelar contra bancos que ainda não reabriram as agências danificadas durante investidas criminosas no estado. Foram notificados o Banco do Brasil, o Itaú, o Santander, o Bradesco e a Caixa Econômica Federal. Todos eles têm cinco dias seguidos para tomarem providências em relação à reabertura das agências, sob multa diária de R$ 100 mil caso 
os terminais bancários permaneçam fechados. 


A notificação, emitida pelo Procon/PE e pela Secretaria de Justiça e Direitos Humanos, tem o objetivo de acelerar o processo de reabertura dos postos danificados para evitar transtornos à população. De acordo com o secretário estadual de Justiça e Direitos Humanos, Pedro Eurico, a penalidade às instituições financeiras pode chegar a R$ 7,6 milhões. 

“Essas instituições financeiras têm sido absurdamente irresponsável no trato dessas questões. As agências nas cidades de pequeno porte só atendem à população mais pobre.
 O  pequeno comércio está fechando, as prefeituras estão perdendo arrecadação, e a população está mais exposta à violência, tendo que se deslocar para as cidades vizinhas para poder receber dinheiro”, critica o secretário, que também participou da reunião com os representantes dos bancos. 




Tecnologia do Blogger.