Reunião entre representantes da ;Associação Comercial, Prefeitura Municipal , Sindicato , Câmara de vereadores e superintendência do Banco do Brasil tem meta traçada para 1º estagio de reabertura da agência em Buíque.

Nesta manhã de  sexta-feira (10) pela segunda vez, representantes da Associação Comercial de Buíque,(A.C.B) Prefeitura Municipal , Sindicato dos Servidores Públicos do Município(Sismub ) se reuniram com  representantes do Banco do Brasil  compostos  pelo gerente da agência Buíque, Sérgio, pelo  Superintendente regional  do agreste Hugo e por Camila Vaz de Andrade Godim gerente de relacionamentos da instituição  financeira  para  juntos buscarem uma solução a curto prazo  com a reabertura da agência em  Buíque.

Na pauta da reunião que aconteceu no auditório da Escola Engenheiro Klaysson , o superintendente apresentou um relatório  demonstrando sua preocupação  pelos transtornos causados  a população Buiquense  com o prazo para  reabertura da agência que foi   parcialmente danifica com a ação criminosa que aconteceu recentemente.

Como Buíque é um município que sobrevive  financeiramente  da prefeitura e de sua   zona  rural, depois de uma conversa com o prefeito Arquimedes Guedes e os representantes da A.C.B   o superintendente se prontificou a dar prioridade máxima ao município para  que seja colocado em pratica um projeto de 1º estagio  colocando em funcionamento  com  data a ser anunciada o funcionamento da sala de  auto atendimento  do Banco do Brasil.

Enquanto preocupados com a demanda e evasão de dinheiro no comércio local, isso porque cada vez se torna mais notório que aposentados , pensionistas e servidores públicos municipais estão migrando para outra cidade em busca de realizarem suas transações financeiras e pagarem suas contas, representantes da Associação Comercial solicitaram agilidade no processo de reabertura e se propuseram a ficar a disposição  colaborando no que for necessário  inclusive buscando parcerias entre ACB e Prefeitura para instalações de câmeras de seguranças nos principais pontos estratégicos da cidade visando inibir algumas ações criminosas, entre elas assaltos a lojas e pessoas .

Quando a palavra ficou por conta do prefeito, em sua vez Arquimedes demonstrou  total disponibilidade para atuar como forte parceiro em qual quer que seja o projeto  que venha de encontro com as necessidades de sua população, inclusive se comprometendo   autorizar sua equipe de governo para traçar um plano de desafoga mento da agência  pagando  em datas alternadas   a folha de pagamento dos servidores públicos municipais.


Outro  ponto positivo  da reunião foi a  concordância por parte de todos os participantes da criação de um  Conselho  Municipal  de  Segurança  envolvendo representantes da própria Associação, além da Câmara de vereadores, Prefeitura, Policias Civis e Militares, e ainda a possibilidade do prefeito  Arquimedes apresentar  um projeto de Lei  Municipal criando a Guarda   Civil  em Buíque.      
Tecnologia do Blogger.