Mais um veiculo é tomado de assalto por seis elementos armados em Buíque.

Buíque no agreste do estado, a tempos  vem perdendo o titulo de cidade tranquila, onde os cidadãos de bem podiam transitar livremente  sem medo de serem abordados por  bandidos  apontando-lhes    uma arma para sua cabeça.

Tempos atrás, ouvir falar de um assalto, ou roubo de veículos, era apenas  quando passava nos noticiários das  televisões  porque só aconteciam   nos grandes centros , ou nas capitais mais subdesenvolvidas .

A mercê da própria sorte, nos dias atuais os Buiquenses antes de saírem de suas casas, além de pedirem proteção divina, faz suas orações  para não terem que passar o constrangimento de terem uma arma apontada para cabeça e seus objetos levados por bandidos que não pensam duas vesses em desestruturar psicologicamente  o cidadão de bem que trabalhar de sol a sol para  pagar seus impostos e tentar sobreviver honestamente num país coagido pela corrupção   cheio de inseguranças  onde cada dia fica mais parecido com um território sem lei.

Passados exatos  16 dias após três bandidos, onde um  armado com uma pistola tomou de assalto um  veiculo HB20 em plena avenida, na ultimo domingo (02) numa ação mais ousada ao invés de três, seis  elementos  armados de pistolas e revolveres  invadiram  uma residência no Sitio Baixa Preta   e mais uma vez levaram outro veiculo, dessa vez uma caminhonete Hilux  Preta de placas KHX1161, ano 2008/ modelo 2009 pertencente ao comerciante , Jose Elias Irmão , 52 anos de idade.


Além do veiculo ,também  foram levados  outros pertences , entre eles, celulares, relógios, carteiras , documentos e dinheiro em espécie .   

Foto Ilustrativa  via internet     
Tecnologia do Blogger.