Com atrações já conhecidas pelo publico, programação da 79ª Festa de Santo Antônio em 2017 não gera expectativas em Ibimirim.



Considerada  um dos mais ricos polos da  arte e cultura do estado, Ibimirim  no sertão do Vale do Moxotó além de produzir e exportar imagens talhadas em madeiras  definitivamente já ocupou seu lugar ao sol nas principais feiras de artesanatos  representada  por  seus artesões  que ganharam o dom de esculpir em madeira  copias de imagens de santos que já ultrapassaram  fronteiras  ate  chegarem ao vaticano.

Considerada uma cidade em pleno desenvolvimento,  onde á  cada esquina  se transformou em um  canteiro de obras, e as mudanças estão sendo vistas a olhos nu, apesar de tantos pontos positivos , a versão  2017 da  79ª  tradicional festa   de Santo Antônio  está sendo motivos de descontentamento de uma boa parte da população que esperava o anuncio da programação que deveria  começar no próximo dia 1º de Junho como  sempre aconteceu.

Sem  conseguir formar parceria com o governo do estado ou setores privados,  enfrentando uma crise financeira onde falta recursos suficientes  para  investir  em infraestrutura , o gestor do município resolveu  ignorar os momentos de dificuldades que o município vem  passando e usar recursos próprios  para não deixar passar em branco uma festa que já acontece por praticamente oito décadas .

Sem uma equipe de eventos formalizada, sem receber incentivos financeiros para festa de nem 
uma esfera governamental, faltando  pouco menos de dez  dias para o inicio da  principal festa do Santo Padroeiro da capital dos Santeiros , ao que dar pra perceber nas redes sociais  a programação não  teve á  aceitação esperada como aconteceu em anos anteriores.


Com atrações já conhecidas do publico, os shows artísticos que deveriam   acontecer  à partir do  primeiro dia de Junho acontecerá  no sétimo dia, enquanto isso  não haverá mudança nas  festas religiosas  começando  no dia 1º as comemorações alusivas ao Santo Antônio, Santo Padroeiro da cidade.   

Tecnologia do Blogger.