Prefeito de Belo Jardim perde o mandato e município terá novas eleições municipais.

  O município de Belo Jardim terá que escolher um novo prefeito nos próximos meses. É que agora a pouco, o pleno do Tribunal Superior Eleitoral, em Brasília, cassou o mandato do prefeito de Belo Jardim, João Mendonça (PSD), em razão de um processo de contas rejeitadas em sua gestão anterior.

A decisão dos ministros do TSE não cabe mais recurso e com isso será marcada uma nova eleição suplementar. Até lá, a prefeitura será comandada por um adversário de Mendonça, o vereador e presidente da Câmara, Gilvandro Estrela (PV).

João e Luiz Carlos, seu vice, perderam em primeira Instância e no TRE de Pernambuco, e agora é com a decisão final TSE, a cidade terá que passar por uma nova eleição.

O motivo da candidatura indeferida de João Mendonça (PSB) na Justiça Eleitoral se deu pela rejeição das contas do político quando ele era prefeito do município. A impugnação requerida pelo Ministério Público de Belo Jardim e Coligações União pelo Bem de Belo Jardim e Belo Jardim Melhor Para todos se baseou nas contas rejeitadas de 2002, 2005 e a condenação por Improbidade administrativa pelo STJ. 
Tecnologia do Blogger.