POLICIAL CIVIL COMETE SUICÍDIO EM GARANHUNS

Um agente da Polícia Civil de Pernambuco cometeu suicídio com disparo de arma de fogo na cabeça, na manhã desta quinta-feira (27/7), na Rua Brejão, Vila do Quartel, em Garanhuns – Agreste de Pernambuco.
A vítima foi Danilo Taveira da Silva, de 32 anos. Ele era lotado na 18ª Delegacia Seccional de Garanhuns (18ª DESEC). A casa onde o fato aconteceu foi isolada e passou por pericia realizada pelo Instituto de Criminalística (IC), da cidade de Caruaru/PE.
Danilo, tinha excelentes serviços prestados a sociedade através de sua atividade policial e era querido por todos.
De acordo com informações, ele vinha apresentando sintomas de depressão e praticou o suicídio usando a arma da corporação. Ele se encontrava em sua residência juntamente com sua mulher, quando ela teria ouvido o disparo, foi ao quarto onde ele estava, mas a porta estava fechada, ela conseguiu abrir e percebeu que ele estava lesionado e correu para rua pedindo socorro aos vizinhos que de imediato acionaram os policiais da Delegacia Regional e Polícia Militar. O Delegado Regional, Luiz Bernardo, ao chegar no local junto com sua equipe já encontrou Danilo em óbito, caído ao lado da cama, com sua pistola ao seus pés.
O Agente Danilo havia chegado recentemente para trabalhar em Garanhuns. Ele fazia parte da equipe do Delegado Luiz Bernardo, que era da 20ª Delegacia de Homicídios de Caruaru, com a transferência do delegado para assumir o comando da 18ª DESEC, o Agente também veio junto. Ele também trabalhou por muito tempo na Delegacia de Correntes/PE, de onde saiu para ir trabalhar em Caruaru/PE. Atualmente ele fazia parte da equipe Malhas da Lei.
Após os procedimentos realizados pelo Instituto de Criminalística (IC), o corpo foi levado para o Instituto de Medicina Legal (IML) de Caruaru/PE.
Foto e Fonte: Agreste Violento
Tecnologia do Blogger.