Prefeito de Petrolândia pede afastamento do cargo

 Na manhã desta quarta-feira, 05 de julho, o prefeito de Petrolândia, Sertão do São Francisco, Ricardo Rodolfo (PR), solicitou para os vereadores do município, através do Projeto de Decreto Legislativo, Nº 005/2017, uma licença de afastamento com prazo de 60 dias, após seis meses a frente do governo.

A licença foi solicitada pelo seu secretário de assuntos jurídico e aceita pelos vereadores da cidade para que o gestor possa fazer tratamento de saúde.

Após o afastamento do prefeito a partir do próximo dia 10 deste mês, quem assumirá o controle da Prefeitura é a vice-prefeita Janielma Souza (Jane), do PSB. Rodolfo deve retornar as suas funções no dia 10 de setembro. 

Segundo informação de pessoa próxima de Ricardo, em conversas iniciais com profissional da saúde (psicólogo), o prefeito recebeu orientação para afastar-se do cargo, no qual recebe grandes pressões, por suspeita de estar em fase inicial da síndrome de burnout, com esgotamento físico, emocional e mental, devido ao estresse acumulado nos últimos meses pelo intenso ritmo de trabalho.

A Síndrome de Burnout é uma das consequências deste ritmo atual: um estado de tensão emocional e estresse crônico provocado por condições de trabalho desgastantes. O próprio termo “burnout” demonstra que esse desgaste danifica aspectos físicos e psicológicos da pessoa. Afinal, traduzindo do inglês, “burn” quer dizer “queima” e “out” significa “exterior”.


Em geral, a síndrome atinge profissionais que lidam direto e intensamente com pessoas e influenciam suas vidas. É o caso de pessoas das áreas de educação, assistência social, saúde, recursos humanos, bombeiros, policiais, advogados e jornalistas.
Fonte Folha das Cidades

Tecnologia do Blogger.