Prefeito do Município de Buíque prioriza obras de recuperação das estradas vicinais, começando os trabalhos pelo trecho que liga a sedo ao Povoado Amaro

As estradas vicinais do município de Buíque, no agreste do estado possuem uma extrema importância econômica e social sendo são responsáveis pelo escoamento da produção agrícola e o consequente abastecimento das zonas urbanas. Também, são através delas que os insumos agrícolas necessários a produção chegam às propriedades rurais.

como o  estado de conservação das estradas influi diretamente no custo do transporte e na qualidade do produto transportado, trechos de estradas ruins acabam por causar danos aos veículos, e às vezes até impossibilitam o tráfego, ocasionando a utilização de rotas mais longas e maiores consumos de combustível.


O acesso da população rural a serviços básicos como educação, saúde e lazer muitas vezes se dá através das estradas vicinais. Jovens das zonas rurais enfrentam quilômetros de estradas para ter acesso a uma educação de qualidade, fato agravado pelas  ultimas chuvas  deixando em péssimas condições tornando-se intrafegáveis estradas.

A conservação do bom estado das estradas contribui para a fixação das famílias no campo e a melhoria das condições que tiveram inicio neste sábado (15)  com a manutenção do trecho  que liga  Buíque ao povoado amaro, passando pela Vila de Guanunby entre outras localidades.

Construída oficialmente na década de 80, pelo então governo do estado Miguel Arraes, deixou  de fazer parte do calendário de obras do município, passando a ser de responsabilidade do estado a   recuperação e manutenção, o que nunca aconteceu desde que o trecho teve suas obras concluídas.

Como o governo do estado nunca se propôs incluir  os  trinta  e poucos  quilômetros  da estrada que liga Buique ao Povoado Amaro em seu cronograma de  recuperação , para não prejudicar o desenvolvimento do município e tão pouco a vida de milhares de pessoas que trafegam pela estrada, o atual prefeito, Arquimedes Gudes Valença mesmo sabendo que o papel de recuperar a estrada não é do município, autorizou o inicio das obras que deverão  serem concluídas dentro de pouco mais de uma semana, isso porque, todo percurso se encontrava intransitável.        

    

Tecnologia do Blogger.