Policia Civil do estado de São Paulo, prende Buiquense por suspeita de crime em um acidente que terminou com a morte de sua esposa no ultimo Domingo em Ubatuba

A Polícia Civil do estado de São Paulo prendeu na noite desta terça-feira (22) um Buiquense  de 28 anos por suspeita de crime em um  acidente que terminou com a morte de sua esposa na Rodovia Osvaldo Cruz em Ubatuba.

Segundo a Polícia Civil, o homem apresentou informações conflitantes sobre o acidente. Além disso, a vítima teria recebido uma medida protetiva contra o marido na semana do acidente.

O caso havia sido relatado como um acidente quando no domingo (20) o carro em que a família estava pegou fogo. No dia, o marido contou à polícia que seguia com a família de São Paulo, onde morava, para Ubatuba para passar o dia na praia. No caminho, sentiu cheiro de queimado e tirou o filho do carro. A mulher de 21 anos não conseguiu sair e morreu queimada.

Na versão do marido, ela dormiu no momento do acidente e não conseguiu sair do veículo. A polícia suspeitou da versão depois de perceber que a vítima tinha registrado queixas de agressão e ameaça contra o marido. Ela tinha recebido uma medida protetiva da justiça na semana do acidente.

O homem foi preso em um hotel da cidade na noite desta terça. Ele estava na cidade porque tentava a liberação do corpo da vítima e foi encaminhado à Cadeia de Ubatuba.
“Ele apresentou versões controvérsias do que aconteceu no dia. Por isso pedimos a prisão temporária dele para mais esclarecimentos. Convocamos parentes da vítima para serem ouvidas e vamos fazer uma reconstituição para confrontar as versões”, diz Fausto Cardoso, delegado responsável pelo caso.

O corpo da vítima foi encaminhado para São Paulo para laudos que vão apurar, por exemplo, se ela já estaria morta no momento do acidente. Não há prazo para que a análise seja encaminhada à Polícia Civil.


Fonte G1
Tecnologia do Blogger.