Claudiano Martins reúne produtores e Banco do Brasil para resolver impasse

O crédito rural é um dos instrumentos de política agrícola mais eficazes para fomentar a produção agropecuária, por isto mesmo o crédito rural foi colocado sob a disciplina de legislação especial, a qual, por sua vez, outorgou poderes ao Conselho Monetário Nacional para estabelecer todas as normas possíveis visando a proteção da atividade alcançada pelo crédito. Uma das maneiras que o Conselho dispõe para proteger o produtor rural e, consequentemente, o processo de produção, é permitir aos agentes financeiros prorrogar as dívidas rurais quando há incapacidade de pagamento do tomador dos recursos gerada por fatores tais como: problemas de clima, problemas de mercado, etc.
A exemplo de tantas outras para atender regiões diversas do País, recentemente a Resolução 4591/2017 se propõe a atender operações de crédito rural contratadas em áreas de atuação da Sudene. Este normativo dispõe que toda operação que se enquadra nos seus termos poderá ter sua prorrogação realizada caso o mutuário assim solicite.
No entanto, produtores de municípios como Águas Belas, Itaíba, Sanharó, Bom Conselho, Buíque Correntes, entre outros, procuraram o deputado estadual Claudiano Filho (PSDB) e relataram que estão sofrendo resistência em agências do Banco do Brasil nos seus municípios quando solicitam o crédito especial para renegociação.
No intuito de resolver o impasse entre o banco e os produtores, o deputado reuniu-se, na tarde de hoje, com alguns produtores desses municípios e com o Superintendente de Negócios, Varejo e Governo do Banco do Brasil em Pernambuco, José Wellington Rodrigues.
Segundo o superintendente, essa recusa não é uma orientação da instituição. Rodrigues se mostrou solidário às demandas dos produtores e disponível para conversar sobre o tema com a classe. Aproveitando o encontro de hoje, Claudiano Filho já agendou audiência pública para o dia 05 de outubro, em Águas Belas, onde serão convidados além dos produtores rurais, os representantes dos bancos Banco do Nordeste do Brasil (BNB) e Banco do Brasil, assim como os sindicatos rurais.
Tecnologia do Blogger.