A arte de fazer o bem sem olhar a quem ainda é uma forma de demostrar seu amor ao próximo

Enquanto  muitos dos que um dia já se passaram  por  amigos   de José Edílson da Silva,  21 anos de idade, casado , pai de uma criança de  5 meses , nos dias atuais ostentam   nos bares da vida, tomam banhos em piscinas  e frequentam  festas que antes  frequentavam juntos , Edílson, assim como  é conhecido, que lavava carros e trabalhavam  montando e desmontando  estruturas   para grandes eventos, depois de sofrer uma tentativa de homicídio, hoje se encontra a mercê da caridade do filhos de Deus, principalmente  daqueles que nunca  fizeram parte do seu convívio social quando estava em sã e perfeita saúde.

Como  a vida é uma escola, e o tempo e o dono da razão, hoje vivendo na companhia de sua esposa, do seu filho e de sua mãe, Edimilson  assim como tantos outros, já não consegue andar com as próprias pernas , nem tão pouco ganhar o seu próprio pão de cada dia, por estar  praticamente paralisado , um dia quem lhe chamou de amigo, hoje  deixou-lhe no esquecimento fazendo valer a lei da vida onde neste mundo  para certas pessoas, você só vale  aquilo que tem, ou o que pode oferecer.

Se de um lado  o mundo está cheio de ingratidão,  por outro lado  ainda  existe pessoas que  ainda pensa e se preocupa com o próximo   onde fazer  o bem sem olhar a quem  lhe não lhe transforma num ser humano melhor do que o outro, mais sim lhe deferência  entre os mesmo pela generosidade    dando uma lição e  servindo  de exemplo para certos políticos que   quando estão em campanha   eleitoral  se fazem  se  passar por cordeirinhos, mais quando ganham as eleições  se transformam  de uma tal maneira  que até mesmo Deus  duvida.

Vivendo entre Buíque e Tupanatinga, apesar de tantos compromissos, é percebível   o quanto  o Blogueiro e ex candidato a vereador ,  Francisco Carlos  continua se preocupando com seus conterrâneos , o que lhe faz ser procurado  pelas pessoas  em busca de soluções encontradas com á  influência  que tem , como foi o caso  da conquista de uma cadeira de rodas   que lhe foi doada e entregue a   um cidadão que assim como Edílson também sofreu uma tentativa de homicídio e sobreviveu.

Continuando sua campanha  de fazer o bem sem olhar a quem, desta vez o apelo  feito  que deverá ser compartilhado  e para que se consiga  mais duas cadeiras, uma de rodas e outra de banho, acrescentado de fraldas geriátricas, roupas, alimentos e produtos de higiene pessoais  que deverão ser entregue ao próprio Francisco Carlos, ou na residência de Edílson  que estar necessitando , onde atualmente ele se encontra  com a mãe, esposa e filhos, conforme endereço e contatos abaixo:

 As doações poderão ser levadas em sua residência, na rua José Lopes de Brito nº 54, por trás da antiga academia de Daniel, na Av. Aírton Sena, ou poderão entrar em contato conosco, que iremos recolher as doações em qualquer lugar, (87) 99946-8394 / 99825-9267 ou pelo contato do próprio Edílson, (87) 99629-2091.


  
Tecnologia do Blogger.