Buíque amanhece de luto, e a câmara municipal de vereadores decreta três dias de luto oficial pela partida do Diácono Manuel .


Uma  manhã  de quinta –feira que  poderia  ser igual  qualquer outra dentro do município de Buíque,  se não fosse  marcada pela irreparável perca  de um dos mais ilustres  filhos da terra, Manuel da Silva Araújo , carinhosamente   chamado de (Nené de seu Cazuza) .
Nascido na década de 60 no Sitio Cafundó, zona rural do município de Buíque, logo na sua adolescência  iniciou seus estudos  num colégio  Diocesano  cuja suas intenções era se  tornar padre.

Juntamente  com sua família, construiu  no Cafundó  uma capela, cuja imagens de Nossa Senhora das Graças  se destacou no altar  que lhe serviu de inspiração para dar continuidade a prestação de serviços  religiosos , onde missas , batizados   e primeira comunhão  reuniu centenas de fieis  dos sítios próximos que a cada 15 dias  tinha como por certo o  destino  de ir fazer suas adorações.

Como  na vida  cada um segue seu destino,  longos foram os anos que Manuel  durante a semana  dividia suas horas entre a família, a Compesa,  e a igreja local  onde por décadas     ordenado Diácono celebrou missas, batizou crianças e realizou centenas de casamentos.

Com  sua vida dedicada a fazer o bem sem olhar a quem, sempre de bem com a vida e dedicado ao próximo, Manuel ao lado de sua esposa Djanira (Dejinha)  criou e educou seus filhos  sem esquecer de ensinar-lhe  os 10 mandamentos, inclusive amar o próximo como a si mesmo , assim como ele sempre fez durante toda a sua vida.

Se de um lado a única certeza que se tem na vida é a morte, do outro nesta manhã  de quinta-feira (15)tristonha , o pai exemplar, o diácono, o homem que passou sua vida levando a palavra de Deus para unir casais, batizar e crismar  faleceu  deixando  um exemplo a ser seguido e uma lacuna impreenchível na vida de seus familiares e amigos a quem ele tanto dedicou sua vida.

Entretanto, o corpo de Manuel  sera velado  durante todo dia  e  desta quinta  feira  na igreja matriz de São Felix de Cantalice, onde nesta sexta feira ás 09 horas da manha haverá uma missa de corpo presente e em seguida  o cortejo fúnebre seguira  para cemitério local  

Sendo assim, a Câmara Municipal de Vereadores do Município de Buíque, decreta por três dias luto oficial  pela irreparável perca de um filho natural de Buíque que partiu deste plano para o outro mais deixando um legado e exemplos a ser seguidos.    




Tecnologia do Blogger.